Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A arte de saber dizer NÃO.

por Duarte Génio, em 02.02.19

 

              blog.jpeg

 

Este é um dos temas mais complexos ,e ao mesmo tempo mais simples que podem existir.

 

Trata-se da seguinte pergunta ; Qual é a melhor resposta,a resposta mais adequada, mais bonita, mais aceitável socialmente, e também mais responsável, mais justa e onde o respeito por si ,e pela sua própria saúde devem ser intocáveis .

 

Qual é afinal a resposta mais justa .... SIM...NÃO...

 

Eu escolho sempre pelo lado justo,responsável ,e que me dê em troca respeito por mim próprio.

 

Antes de responder a uma pergunta ,tento ver sempre que possível se a pergunta é justa e se foi bem formulada.... há gente que tem um dom especial ,em colocar uma pergunta já com a resposta incluída, ou seja uma forma subtil de manipulação .

 

Em segundo plano ,tento não interromper a pergunta , com o intuito de ouvir e compreender o alcance da pergunta.

 

Em terceiro lugar ,tento sempre não julgar a pergunta , um erro que cometi por longos anos no passado !!!!

 

Por último tenho a plena consciência, de que não sou obrigada a responder, por vários motivos, por verificar que é uma pergunta maliciosa, por me dar conta de que a pergunta não me diz respeito algum, por me aperceber de que se trata de uma pergunta que não tenho resposta, por achar que a pergunta é incómoda, por achar que a pergunta é uma armadilha, por simplesmente não querer responder !!!!

 

Por norma peço desculpa, e pergunto à pessoa se não se importa de reformular a questão, e aqui fico com os olhos, ouvidos e todos os sentidos apurados, mas sempre sem julgar visto que a pessoa que se encontra à minha frente ,pode de facto ter feito a pergunta que lhe tenha parecido justa, ao mesmo tempo que eu poderia não ter feito atenção a algo que me escapou.

 

Tenho a forte convicção ,de que todas as perguntas têm resposta , embora saiba que umas são mais fáceis de que outras de responder.

 

Se eu perguntar a um mendigo se ele aceita cinco euros, normalmente a resposta é positiva, ao mesmo tempo que se fizer exactamente a mesma pergunta ao Bill Gates, as hipóteses de uma resposta positiva sejam bastante menores, mas por vezes poderia ficar surpreendido.

 

Um dia alguém me dizia o seguinte ; não existem perguntas boas ou menos boas, assim como não existem respostas certas ou menos acertadas.

 

Não tenho a mesma opinião, mas respeitei !!!!

 

Eu tenho a certeza ,de que não existem perguntas e respostas que se encaixem da mesma forma a todos os humanos, pela simples razão de que pensamos todos de forma diferente uns dos outros.

 

Essa diferença é o segredo de uma boa resposta...respeitar as diferenças de opinião, e ter a força e carácter para aceitar ,que dentro de cada pessoa existe um mundo cheio de sonhos, projectos, dores, decepções, experiências e sobretudo a percepção do mundo que o rodeia.

 

Somos humanos, somos todos diferentes...fazemos perguntas e queremos respostas que nos tragam razão, prazer, facilidade para viver melhor, auto-estima e acima de tudo valor de qualquer tipo.

 

Eu acredito em perguntas erradas, como em respostas erradas, em perguntas bem formuladas , com respostas sem nexo. Acredito em respostas certas a perguntas sem nexo algum... tudo depende da forma ou da maneira do interlocutor.

 

Acredito que fica bem responder SIM, que muito gente desespera com um NÃO.

 

«"A boca que é capaz de pronunciar um SIM, deve ter a capacidade de da mesma forma e sem culpa , pronunciar um NÃO !!!

 

Então qual é a melhor resposta...SIM...NÃO ???

 

As duas são excelentes!!!!

 

Uma boa resposta, depende sempre de uma boa pergunta !!!

 

Quando não sei, ou não quero não respondo.

 

Não admito que respondam no meu lugar.

 

Perguntas com uma dose de culpa ou psicologia barata, vai sempre ficar sem resposta da minha parte.

 

Para terminar ,gostaria de pensar que todas as perguntas são sérias e inocentes, e embora acredite que a maioria das pessoas fazem o melhor que sabem....tenho assistido a uma forma diferente e perigosa de se fazerem perguntas, com o prejuízo de no futuro, não serem levadas a sério .

 

PS : Hoje com quarenta e tal ,continuo a ser um humano loucamente inteligente ...

 

No passado ,e sem ressentimentos porque acredito que as experiências fazem parte do crescimento ,disse muitas vezes SIM quando no meu âmago só ouvia NÃO .

 

Mas as experiências e o tempo,trazem-nos um equilíbrio saudável entre estes dois pólos que prometem fazer correr ainda muita tinta......entretanto ,hoje sou livre e orgulhoso de responder em consonância com os olhos do livre arbítrio que me habita...hoje, muita boa gente não entendeu ,ou por outras palavras não lhes arranja entender...mas de uma vez por todas... o que os outros pensam sobre mim não me diz respeito.

            face2.jpg

 

 

Texto escrito sem novo acordo ortográfico.

 

O Autor.                                 Duarte Génio. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:05


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Posts mais comentados


Pesquisar

  Pesquisar no Blog